Cooperadoras da Família da Covilhã promovem Festa de Natal com muitas surpresas para crianças da Obra de Santa Zita

A Creche e Jardim de Infância, da Obra de Santa Zita da Covilhã, celebraram a Festa de Natal nos dias 13 e 14 de dezembro 2017, respetivamente. Foram dois dias maravilhosos, cheios de boas surpresas.

A primeira das quais foi o Livro: “Homem de Deus para a Humanidade, Padre Joaquim Alves Brás 1899-1966”, da autoria de Monsenhor Arnaldo Pinto Cardoso, Postulador da Causa de Canonização do Venerável Padre Brás, apresentado pela Cooperadora da Família, Maria de Fátima Castanheira Baptista, Vice-Postuladora da referida Causa. Foi um momento muito elucidativo e enriquecedor para todos os presentes. Os covilhanenses gostaram de saber, que o Venerável Padre Brás fundou na Covilhã, a 8 de setembro de 1932, a 1ª delegação da Obra de Santa Zita, fora da cidade da Guarda. Esta biografia, mais que um livro pode considerar-se um “monumento”, que vale a pena adquirir e ler.

Depois foi a Festa de Natal propriamente dita. Cuidadosamente preparada pela equipa pedagógica, foi uma verdadeira festa, cheia luz, alegria, cor e movimento. Os pequenos grandes actores de palmo e meio que bem, que eles dançaram e cantaram as canções “Ping-Pong” e o “Natal a cantar”. De seguida representaram artisticamente “Os tons de Natal”.

No meio de tantos corações coloridos com votos de paz, amor, harmonia, união, alegria, família, e partilha, destaca-se o rito simbólico de beijar Menino Jesus, fazendo as delícias não só dos pequenos grandes atores, mas de toda a assembleia: pais, demais familiares e amigos.

Antes do Sorteio do Cabaz de Natal toda a comunidade: Crianças, equipa pedagógica e Cooperadoras da Família cantaram, em homenagem ao Venerável Pe Brás, o hino, “Coração Florido”.

“O nosso lema é viver o amor / Com paz e alegria seja aonde for, / Sementes de Esperança que Jesus semeou / E o nosso coração florido ficou”.

Maria Páscoa Lima - Cooperadora da Família/Diretora Obra Santa Zita da Covilhã