Evocação dos 100 anos de admissão de Joaquim Alves Brás no Seminário do Fundão

As Cooperadoras da Família das Beiras reuniram-se no dia 11 de março em Casegas para celebrar o Dia do Fundador, e evocar os 100 anos da sua admissão no Seminário do Fundão em 1917, soba orientação de Mª de Fátima Castanheira. 

Foi um dia maravilhoso de oração e partilha, de estudo e reflexão, de convívio e lazer. Teve início pelas 9.30h da manhã com a chegada das Cooperadoras de Castelo Branco, Covilhã e Guarda e terminou pelas 19.00h.  

Depois de um caloroso acolhimento pelas Cooperadoras de Casegas, no Centro de Cooperação Familiar, fomos conduzidas à Capela e em presença do Santíssimo solenemente exposto, escutámos a Palavra de Deus: “Olhai os lírios do campo” (Mt 6, 26-30), a palavra da Coordenadora Geral do ISCF, Maria Alice Cardoso “Cuidar para Humanizar” (ECOS do ISCF março 2017) e a palavra do Fundador, extraída de cartas suas a várias Cooperadoras. Entre momentos, de silêncio, interiorização e partilha, terminámos este tempo forte de louvor e ação de Graças.

Ainda antes do almoço partilhado, refletimos a Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2017. Na aplicação desta à nossa vida concreta, descobrimos vários paralelismos entre os conteúdos da Mensagem e as exortações do venerável Padre Brás às Cooperadoras. Naturalmente que a raiz deste paralelismo nasce da Palavra de Deus, tanto no Antigo como no Novo Testamento.

De tarde foi a visita à “Casa Museu Monsenhor Alves Brás”, verdadeiro tesouro onde, por mais que se visite, sempre se descobrem “coisas novas”.  Aqui no lugar onde nasceu Joaquim Alves Brás, a Maria de Fátima, como Vice Postuladora, com base nas investigações que tem feito, em ordem a uma nova biografia, pôde falar-nos da admissão e estada do jovem Joaquim, no Seminário do Fundão, do seu comportamento exemplar, do seu empenhamento no estudo, da sua profunda espiritualidade, do espírito de serviço e da permanente fidelidade à própria vocação.

A terminar o dia, na Igreja Paroquial depois de pararmos diante da Pia Baptismal, onde foi baptizado o menino Joaquim, participámos na celebração da Eucaristia, presidida pelo Rev. Padre Feliciano Kanisius Sila, em Ação de Graças pelo dom do Sacerdócio de Mons. Alves Brás, e pedindo ao Senhor que enviemuitos e santos sacerdotes à sua Igreja.

Texto: Alexandrina e Carla