Um livro para contar a história do menino Joaquim

Para encerrar um ano de celebrações o Instituto Secular das Cooperadoras da Família (ISCF) apresentou o livro “A história do menino Joaquim” da autoria de Raquel Delgado, mestre em Psicologia Educacional, com ilustrações de Silva Nuno. 

Trata-se de um livro dirigido a um público infantojuvenil que, de uma forma simples e cativante, conta a história de um menino que se ordenou sacerdote e que fundou várias obras de apoio à família: o Pe. Joaquim Alves Brás.

Para a autora, escrever esta obra, foi um grande desafio. Afirma que “não estava familiarizada com a vida do fundador” da Família Blasiana mas que contou sempre com a “ajuda preciosa das continuadoras da sua obra”.

Das fontes que foi consultando, Raquel Delgado, conta que foi descobrindo “um homem - bom, justo e sonhador” e foi ficando encantada. Encantada pela “fidelidade à sua promessa de amar o próximo sem fronteiras, de lutar contra as injustiças e acreditar na família como escola de vida e berço dos valores cristãos”. Foi esta descoberta que a fez sentir vontade de “contar aos mais novos como foi Bela a sua missão, como foi e é grande a sua obra …”, afirmou a autora no dia da apresentação pública do livro que decorreu dia 19 de junho no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima, no âmbito do encerramento das Celebrações dos 50 anos da morte de Monsenhor Alves Brás.

O livro vem acompanhado de subsídios didático pedagógicos que podem ser trabalhados em várias idades. Encontra-se à venda nas casas a cargo das Cooperadoras da Família espalhadas pelo país.

Texto: IM/Jornal da Família