PADRE ALVES BRÁS

Póvoa de Varzim celebra 50 anos da morte de Monsenhor Alves Brás

Data

Na Póvoa de Varzim a Igreja Matriz acolheu, no passado dia 12 de março, a celebração que assinalou os 50 anos da morte do Venerável Pe. Joaquim Alves Brás. “Estamos aqui impelidos pelo profundo desejo de homenagear e celebrar, numa atitude de louvor e ação de graças, este apóstolo da família”, referiu a nota introdutória à eucaristia, presidida pelo Pe. António Torres.  

Partindo do lema: “50 anos depois… Está vivo!”, as Cooperadoras da Família viveram com fé e alegria este momento.

Ele está vivo “nas obras por ele fundadas e nos grupos animados e dinamizados pelos seus seguidores e que constituem a Família Blasiana, bem como amigos e simpatizantes desta grandiosa obra que, de alguma forma partilham e beneficiam do carisma que Deus lhe confiou”, acrescentou a nota introdutória.

A liturgia do V domingo da Quaresma falava precisamente, de um Deus que ama, e cujo amor desafia a superar as fragilidades e limitações para se chegar à Vida Nova – à Ressurreição. Foi este amor que ‘incendiou o coração do Venerável Pe. Brás, na sua ação de dignificar, colmatar vazios, despertar sentidos, curar feridas e concertar corações.Para o Pe. Brás a eucaristia era o centro e a raiz do seu zelo pela glória de Deus. Dizia ele: “Eucaristia e sacerdócio nasceram do mesmo ato de amor – o amor de Cristo para com os homens”.

 As Cooperadoras da Família quiseram, numa atitude de ação de graças, louvar e agradecer ao senhor, a “vocação carismática, espiritual e missionária” do Venerável Pe. Brás, assim como o seu coração compassivo e empreendedor que o levou a sair de si próprio para ir ao encontro das ‘periferias existenciais’”.

 As Cooperadoras agradeceram ao Pe. António Torres a receção na Igreja Matriz, na Paróquia onde as Cooperadoras da Família se encontram a desenvolver a sua ação social, pastoral e apostólica. Agradeceram também a presença do Pe. Apolinário, colaborador e amigo de longa data, destas instituições, bem como a presença amiga do Pe. António Costa e Silva, Sacerdote da Companhia de Jesus e demais sacerdotes.

Um obrigado também ao Grupo coral que tornou ainda mais bela a celebração.

No final ficou o convite a todos os presentes para participarem na Peregrinação Internacional da Família Blasiana, a Fátima, que a 19 de junho encerrará o Ano Jubilar.

Antes da eucaristia a tarde foi de festa e todos deram o seu contributo para homenagear Monsenhor Alves Brás. Os mais pequenos da Creche e Pré- Escolar da Obra de Santa Zita da Póvoa de Varzim fizeram a apresentação da história do Pe. Brás.

As celebrações na Póvoa de Varzim contaram com a presença de Céu Simões, presidente nacional da Obra de Santa Zita e Nazaré Soares, Diretora Técnica das Respostas Sociais, dos centros de Lisboa das Cooperadoras da Família.

Texto: IM/Jornal da Família, 15 mar, 2016  

Ver aqui galeria de imagens.